AG_ABR

Conversas na Aldeia Global: A Vida é Sempre um Valor, por Padre Vítor Feytor Pinto

Padre Vítor Feytor Pinto, a partir da obra «A Vida é sempre um Valor», virá refletir acerca da atuação da religião em prol da humanização da saúde. De acordo com os seus depoimentos na entrevista conduzida por Octávio Carmo, «Comprometer a vida é sempre inaceitável. A sociedade atual, preocupada pelo agradável e a felicidade, criou a ideia de sacrificar as vidas inocentes (…). Mas toda a destruição da vida é ilegítima, sempre. A vida humana nunca perde sentido. O sofrimento pessoal ou a angústia pelo sofrimento do outro não retira à vida humana o sentido que tem de reclamar. Necessário é, em cada situação, descobrir o sentido da vida.»
 
O Padre Vítor Feytor Pinto consagrou-se há muito como figura notável na síntese entre a fé cristã e o mundo atual. Desde muito cedo, esteve envolvido em grandes causas, tendo sido ordenado sacerdote em 10 de julho de 1955. Nos inícios da década de 1980, conclui um mestrado em Bioética e começou a sua longa imersão na Pastoral da Saúde, tendo sido coordenador da Comissão Nacional da Pastoral da Saúde durante 28 anos.
 
Neste âmbito, a sua ação pauta-se por uma enorme sensibilidade a favor da dignidade e da defesa dos direitos fundamentais de cada ser humano. Em Novembro de 2005 o Santo Padre, o Papa Bento XVI admitiu-o entre os membros da Família Pontifícia, nomeando-o seu capelão, com o título de Monsenhor. É atualmente administrador Paroquial do Campo Grande e tem ainda as responsabilidades de Assistente Diocesano dos Médicos Católicos e da Associação Mundial da Federação dos Médicos Católicos; Assistente Nacional e Diocesano da ACEPS; Coordenador Nacional da Pastoral da Saúde; Membro do Conselho Pontifício para os Profissionais da Saúde e Membro do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida.

 

Entrevistas aos leitores das Bibliotecas Municipais de Oeiras

tag2000


Coleções: Conversas na Aldeia Global |